De acordo com pesquisa realizada nos Estados Unidos, empresas que operam em canais digitais tem para os próximos 5 anos planejamento de desenvolver 850 novas lojas físicas. Essas companhias serão responsáveis pela expansão de lojas do mercado americanos nos próximos ciclos.

 

O bairro SoHo, em Manhattan é um dos principais locais onde estas empresas focam o teste destas novas lojas conceito, cerca de metade dos varejistas definidos como “clicks-to-bricks” escolheram o bairro do SoHo para o primeiro lançamento, escolhendo normalmente as lojas da Broadway onde existe amplo tráfego de pedestres.

 

Algumas informações também levantadas pela pesquisa:

 

  • As principais cidades para um primeiro local permanente são Nova York (41,3%), seguido por Los Angeles (12,0%) e São Francisco (12,0%) e Chicago (5,3%).

 

  • A maioria dos varejistas “clicks-to-bricks” (74,3%) vende roupas e acessórios.

 

  • Metade de todos os varejistas de “clicks-to-bricks” tem altos preços; 32,0% são varejistas de preço médio.

 

  • O tamanho médio da loja de “clicks-to-bricks” é de 280m².

 

  • Apenas 15,1% das lojas físicas de “clicks-to-bricks”  não carregam nenhum inventário. Daqueles que operam como showrooms, 69,2% são varejistas de vestuário e acessórios. Os varejistas de móveis e móveis compõem os 30,8% restantes.

 

Esta pesquisa corrobora com a tendencia do varejo mundial, o Omnichannel, ele se baseia na convergência de todos os canais de vendas, fazendo com que o consumidor não diferencie o mundo Online e o Offline.

O Omnichannel integra lojas físicas, virtuais e compradores, focando na experiencia do consumidor e quebrando as barreiras para compra em canais físicos ou digitais, permitindo que a empresa conheça melhor o comportamento assim como as preferencias  do consumidor.

Fontes: Sebrae; CSA